Dicas de Nutrição

Quero emagrecer! Tenho que me afastar da vida social?


Muitas vezes, uma grande preocupação de quem está a pensar em começar uma alimentação mais estruturada para perda de peso é analisar as coisas que gosta de fazer e que terá que abrir mão, principalmente quando se trata da vida social já que, no geral, um tipo de dieta altamente restritiva exige alterações muito drásticas às rotinas alimentares.

Quando pensamos nisso, começa a parecer que tudo gira em torno da comida! Ir ao cinema com o namorado ou o marido, comemorar o aniversário dos amigos, encontrar-se com alguém que já não vê há anos… Por isso, às vezes dá por si a pensar que a melhor solução será mesmo não sair de casa!

Nesses momentos, tudo em nós parece unir forças para acabar com o sofrimento. Quando as limitações nos geram sofrimento, a tendência natural é desistir – às vezes, mesmo antes de começar. Conscientemente, somos levados a obter prazer, neste caso o prazer de ter o peso e o corpo que deseja, no entanto, inconscientemente, e por instinto natural, evitamos a dor a todo custo.

O pensamento de fazer o que é necessário para atingir o nosso objetivo por vezes é mais doloroso do que de não alcançá-lo. Por este motivo, se deseja emagrecer, se a ideia de iniciar uma dieta significa fazer algo de que não gosta, então, é bem provável que, de forma inconsciente, escolha ficar com o excesso de peso.

Então o truque parece ser fazer algo que não nos cause sofrimento ou que seja visto como algo simples de concretizar e que até nos dê satisfação. E se eu lhe disser que é possível emagrecer sem ter que abdicar da sua vida social?

O segredo é ter um bom planeamento e tomar decisões conscientes e inteligentes! Adotar um estilo de vida saudável não quer dizer que precise ser totalmente inflexível nas suas escolhas alimentares. Com pequenos ajustes e escolhas inteligentes, pode frequentar a casa dos seus amigos e da sua família e aquelas festas para as quais é convidada, ao mesmo tempo que se mantém focada nos seus objetivos de perda de peso e de conquista de uma vida mais saudável.

Veja a seguir 4 truques para ajudar-lhe nessa tarefa:

1. NÃO SAIA DE CASA COM FOME

Chegar ao local onde servem comida (daquela que até gosta muito!) cheia de fome pode levar a excessos desnecessários!

Se o estômago estiver mais saciado, o cérebro vai colaborar mais na hora de fazer as melhores escolhas! Por isso, antes de sair de casa faça um pequeno lanche, de preferência com baixo índice glicémico, ou seja, com alimentos mais ricos em fibra, para se manter saciada por mais tempo. Pode ser uma peça de fruta ou até mesmo uma sopa 🙂

2. ENTENDA O SEU CORPO E AJUSTE AS QUANTIDADES

Em primeiro lugar, entenda que dosear as quantidades não significa contar calorias, e sim fazer substituições inteligentes e ajustar as porções. Isso não quer dizer que deva passar fome, mas também não significa que deva comer tudo o que lhe colocam no prato só porque a dose é mesmo assim. É preciso perceber quando estamos satisfeitos e, ao perceber, decidir parar.

Muitas vezes, com a correria do dia-a-dia, deixamos muita coisa passar despercebida, inclusive a nossa sensação de saciedade.

Comer é um ato tão importante como qualquer outro, por isso, evite distrações neste momento, distrações essas que vão levá-la a perder a noção da quantidade e vão contribuir para encobrir os sinais da saciedade.  Evite ver televisão, ler ou conversar enquanto estiver a fazer as suas refeições, para conseguir aperceber-se dos sinais do seu corpo, tais como a sensação de saciedade. Quanto menos atenção, mais velocidade e quantidade irá imprimir à sua refeição.

Na sua próxima refeição, tente demorar um pouco mais e saborear ainda mais os alimentos. Mastigue devagar, pouse os talheres enquanto conversa, sinta o seu estômago e a sensação de saciedade a aparecer. A informação de saciedade não é imediata quando se começa a comer. Fazer da sua refeição um momento demorado e descontraído vai conceder tempo ao seu corpo para começar a sentir os sinais da saciedade.

3. COMA COM CONSCIÊNCIA E INTELIGÊNCIA

Avalie os alimentos disponíveis e escolha-os antes de fazer o seu prato: haverá sempre uns alimentos mais equilibrados do que outros (aprenda a montar um prato saudável aqui). Além disso, faça com que as ocasiões especiais sejam mesmo isso, especiais, e não a regra 🙂

Alguns truques para as refeições sociais:

  • Seja moderada nas bebidas alcoólicas. Se for o caso, beba apenas um copo de vinho e vá alternando com água (mas dê sempre preferência à agua)
  • Modere a ingestão de refrigerantes, normalmente muito ricos em açúcar e calorias (evite essa explosão de açúcar, se puder)
  • Se houver essa hipótese, prefira os pratos mais simples, com menos molhos e menos gordura, e acompanhe com um bom prato de salada e/ou legumes
  • Opte pelas carnes mais magras (sem pele) ou pelo peixe (sem molho) cujos tamanhos são mais próximos da palma da sua mão
  • Para a sobremesa, prefira a fruta, que possui um valor calórico mais baixo e muita fibra (conheça os benefícios da fibra aqui) que a vão deixar mais saciada (se não resistir, dê também uma beliscadela no seu bolo favorito!)
  • E se a ocasião for uma festa de aniversário? Não deixe de ir à festa e não abdique de provar o bolo de aniversário! O truque é pedir uma fatia fininha, já há tantas coisas na mesa que não vai precisar de grandes quantidades de nenhum alimento. O truque é provar um bocadinho de cada 🙂

4. PERCEBA QUE ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL NÃO É UMA FASE, E SIM UM ESTADO PERMANENTE

Um estilo de vida saudável, não é um estado, não é algo estático – é um caminho. Um caminho que se percorre todos os dias, e o maravilhoso desse percurso não é ansiarmos pelo nosso destino final, e sim apreciarmos a beleza da paisagem percorrida e valorizar cada passo dado rumo ao objetivo. (Leia mais sobre isso aqui)

Apesar de todas as convicções negativas que você possa ter acerca da sua capacidade em perder peso, permita-se seguir esse caminho. Permita-se ser orientada nesse caminho e reflita sobre a causa das suas convicções negativas. Permita-se enxergar, valorizar e celebrar os resultados dessa nova abordagem sobre o seu peso e a sua saúde.

Quanto mais positivo e determinado for, mais esse objetivo lhe parecerá uma realidade perfeitamente alcançável e mais força e empenho vai dedicar. Afinal, quando estamos focados, tornamo-nos imparáveis.

E sabe o que mais? Quando o conseguir fazer vai desejar sentir isso de novo, e essa sensação vai se refletir positivamente em todos os objetivos que desejar alcançar!

Por isso mantenha-se firme, não queira resultados instantâneos!

 

Beijinhos de coração!

Sandra Ribeiro

Nutricionista

Autora do eBook 45 Receitas Saudáveis para Mulheres Felizes!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *